eu sou oitenta

25.1.17




Sabe, nesses 5 meses eu bem que me esforcei pra ser superfície. Eu juro que tentei não mergulhar e viver de cais em cais. Ignorei todos os sinais, nadei sem direção alguma, mas a força da água foi maior, acabei me afogando. Sabe, eu sou uma onda forte que não estava mais conseguindo se conter, mas perdia a força no meio do caminho pra não te assustar, pra te deixar no meu mar. Depois da nossa última conversa eu pensei que você nunca me deixaria transbordar, mas a verdade é que os dois estavam de olhos fechados com medo de falar demais. Você me perguntava se estava tudo bem e a resposta era sim, não teria outra forma de lhe responder quando o problema era você e sua mania de me fazer 8 quando sou 80. Mas eu sou teimosa, chorei sem você saber, te li sem você perceber e naquele dia meu olhar me entregou demais, você me puxou e eu ancorei no teu cais. Sabe, eu bem que queria ter te desafiado antes, só pra te mostrar meu lado quente e impulsivo, mas a verdade é que eu tinha medo do que viria, não sirvo pra ser Tom e muito menos você pra Summer. A verdade é que não somos líquidos, mas eu quero mergulhar e agora você vem comigo. Somos 80, somos 2, inteiros, querendo viver o agora e isso me excita. Transbordei.

Leia também

0 COMENTE

Siga o blog por email