Notas sobre um qualquer

29.2.16



Talvez a melhor coisa a se fazer agora seja realmente ir para longe daqui. Te dar um pouco de espaço,ou um universo se precisar. Possa inventar uma desculpa: falha na rede,a bateria que acabou,o trabalho que anda puxado,a velha tia que morreu. Qualquer coisa socialmente aceitável para te evitar.   Não que eu queira realmente te evitar,mas eu meio que preciso sabe? Não consigo mais dormir sem saber como foi o seu dia tão comum,nem ficar mais de uma hora sem pensar no seu sorriso milimetricamente perfeito mesmo sendo torto. Não consigo evitar a vontade de sentir o seu cheiro de quem acabou de sair do banho. Nem esconder a vontade de dormir ao seu lado,mesmo sabendo que você vai puxar a minha coberta a noite inteira.   Por esses e outros motivos,vou fugir,me esconder,take a break. Não posso me apaixonar. Não dessa vez. Você bem que podia ser menos apaixonante não é mesmo? Ser mais grosso,arrogante,desinteressado. Facilitaria bastante o processo. Ao invés disso você trás torta de morango pro almoço.

Leia também

0 COMENTE

Siga o blog por email